Jornal britânico crítica falta de atores negros em novela

A novela o Segundo Sol tem se destacado no que diz respeito puramente ao seu enredo. Mas a novela tem colecionado polêmicas e não à toa.

A mais forte diz respeito à falta de atores negros na novela. Como já chegamos a noticiar a trama de João Emanuel Carneiro é ambientada na Bahia. Um dos estados com maior concentração de população negra do nosso país. Contudo, não vemos essa representatividade na novela da Rede Globo. De acordo com algumas análises tivemos apenas três atores negros na trama.

Notificação do Ministério Público

Recentemente também por conta da falta de representatividade racial a Rede Globo de Telecomunicações foi notificada pelo Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro. A notificação tem caráter recomendatório dando diretrizes de como a emissora deve agir diante da problemática (a falta de representatividade em seu folhetim).

Na notificação o MPT da dez dias para que sejam percebidas o início de ações contínuas que visem à oportunidade de participação igualitária entre atores negros e brancos. Bem como que as produções da emissora respeitem as variáveis sociais. A notificação que pode ganhar caráter judicial caso não seja cumprida, prevê prazo de 45 dias para que as mudanças ocorram. É solicitado que a emissora lance um programa para conscientização contra práticas racistas internamente e externamente. Em nota a emissora apenas manifestou-se dizendo ter conhecimento das críticas e que estas são fundamentadas apenas na primeira fase da novela.

Matéria divulgada pelo The Guardian

the guardian

No último dia 18 (sexta-feira) o jornal britânico The Guardian divulgou uma matéria com o seguinte título em tradução livre. “Bahia é o estado brasileiro mais negro, mas você não vai ver isso na novela deles”.

A matéria aborda a falta de representatividade que a trama de Segundo Sol traz. Uma vez que o percentual de atores negros é baixíssimo. A matéria ainda contempla informações populacionais sobre o estado onde a novela é ambientada. “Quase todo o elenco é branco apesar de se passar em um local em que 80% da população é negra ou de raça mestiça”.

O The Guardian não deixa de citar a série Mister Brau que traz atores negros como personagens ricos, mas que houve falhas em relação a Segundo Sol. Segundo o The Guardian isso ocorre porque diretores e produtores acreditam que a população negra ou afrodescendência é minoria quando representam 54% de nosso país.

2 thoughts on “Jornal britânico crítica falta de atores negros em novela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *