Ministério Público do Trabalho notifica Rede Globo

Na última sexta-feira (11) chegou ao fim um dos maiores e mais polêmicos folhetins da Rede Globo de Telecomunicações. Outro Lado do Paraíso de Walcyr Carrasco. A trama abordou diversas problemáticas extremamente atuais. Foram temas como a violência contra a mulher, estupro, exploração, dentre outros. Outro Lado do Paraíso foi marcante por seu caráter polêmico. Afinal a trama tratava de temas polêmicos e atuais. O próximo folhetim, Segundo Sol, de João Emanuel Carneiro apesar de ser mais focada nos problemas familiares, tem causado polêmica.

segundo sol e mpt

Como nós do Novela da Hora adiantamos, a trama tem até um bom enredo se for bem explorado, e é até mais leve que a anterior, de Walcyr Carrasco. Contudo, a falta de atores negros no casting da trama tem gerado críticas negativas em torno de sua história. E não poderia ser diferente, a novela é ambientada na Bahia, o estado brasileiro com maior percentual de população negra.

Walcyr Carrasco detona críticos de Outro Lado do Paraíso; “Não entenderam o objetivo”

Veja quem é quem em Segundo Sol

MPT notifica Rede Globo

segundo sol e o mpt

Sobre as críticas recebidas acerca da nova novela, a Rede Globo chegou a se manifestar, mas a nota não dava diretrizes de mudanças. Na última sexta-feira (11), dia da final de Outro Lado do Paraíso, a emissora foi notificada pelo MPT do Rio de Janeiro. Nesse primeiro momento, a notificação tem cunho recomendatório. O Ministério faz 14 exigências que devem ser cumpridas caso contrário a notificação pode transformar-se em ação judicial.

É pedido nessas 14 exigências que a novela sofra mudanças de roteiro para que possa promover a representação racial presente na sociedade. É pedido ainda que a emissora promova programas de conscientização interna e externamente contra o racismo. O MPT concedeu um prazo de 10 dias para que sejam iniciadas ações nesse sentido e 45 para mudanças efetivas na emissora.

2 thoughts on “Ministério Público do Trabalho notifica Rede Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *